Friday, July 3, 2009

Rótulo/Capa/Tribo/insira outro derivado aqui

Oh yeah! Depois de um mês de sofrimento e stress com a faculdade, voltei ^_^~
Depois de alguns minutos eu olhando pro PC e esquecendo os 3 artigos que eu tinha pra escrever aqui, pensei num outro: Rótulo.

"Só as pessoas muito superficiais não julgam pela aparência." disse uma vez Oscar Wilde. (demorei um ponte para me lembrar desta frase) O que ele diz é de extrema oposição ao "Não julgue o livro pela capa".

Enfim, a aparência (roupa, cabelo, maquiagem) pode revelar muito sobre uma pessoa ao mesmo tempo que não. Porque tem pessoas que se vestem como gostam e deixam a imaginação rolar, igual os japoneses que frequentam Harajuku. (off: o trema no ecsiste mais ;_;~) Mas tem pessoas que querem se vestir de tal jeito mas possuem vergonha ou o guarda-roupa (e o dinheiro) não ajudam muito.

É algo tão natural olharmos para a cara de um desconhecido e ter afinidade ou total desgosto! Porque não gostamos do estilo ou consideramos feio. Ou então começamos a imaginar e traçar todo um perfil psicológico da pessoa pelo jeito que veste (podemos acertar ou errar, pra descobrir, só falando e conhecendo a pessoa).

Para mim, quem diz que "não julga o livro pela capa" é um mentiroso, pois fazemos isso sem querer. Quem nunca buscou saber sobre uma coisa porque gostou de algum elemento estético?

Mas agora vamos para os rótulos: classificação de pessoas por grupos. Há gente que detesta ser rotulado, falando que o estilo é próprio, que é original, é "alternativo" por isso não é "punk", "emo", "hard core". Dizem que detestam isso. Mas, vamos lá, rotular facilita a vida das pessoas! É claro, desde que ganhem o rótulo certo. (Me chamaram de emo quando eu estava vestindo algo ao estilo gothic lolita... mas tudo bem)

Sou a favor de rótulos, pois ele facilida a identificação do traje da pessoa e também descobrir sobre alguns gostos em comum. Por exemplo: o cara que consideramos "dark", com roupas pretas e tal, muito provavelmente gosta de metal e rock e muito dificilmente será fã de Britney Spears.

Mas tem gente que cria um esteriótipo para os estilos/tribos sobre comportamento, coisa que desconsidero, pois comportamento é individual. Por exemplo, otakus: o pessoal que gosta bastate de cultura japonesa. Muitas vezes o povo que não se questiona que imagina que todos são crianças grandes e que gastam muito dinheiro com besteira. Mas não é bem assim: tem pessoas infantis em qualquer lugar, até no grupo dos "normais", e tem pessoas muito sérias mas que gostam de assistir animação. Aliás, quem faz as animações e quadrinhos, até onde sei, são PROFISSIONAIS e com ESTUDO. E sobre achar que despediçam dinheiro, bom, tem gente que aposta tudo na loteria, gasta num aeromodelo e roupa de marca, ou seja, pra quem tá gastando isso, não é despedício, por que trás satisfação para a pessoa.

Bom, vou acabar por aqui antes que o post fique gigante e o pessoal desista de ler!

Por favor, comentem!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...